sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Papai Noel dia 21 na Portuguesa

Edição 1398 - 12.12.2008

Papai Noel chega dia 21 na Portuguesa

Neste Natal pretendemos realizar uma das maiores festas de chegada de Papai Noel na Ilha. E, desta vez, precisamos da colaboração e participação de todas as pessoas que desejarem colaborar na doação de brinquedos novos para meninos e meninas. Junto com o Grupo da Solidariedade, a Associação Atlética Portuguesa e o Ilha Plaza Shopping estamos organizando um mutirão para dar um presente para cada uma das mais de mil crianças que estão sendo esperadas no estádio da Portuguesa para assistir ao Show do Papai Noel.
Alguns comerciantes já doaram bicicletas que serão sorteadas durante as apresentações de grupos de danças, cantores, mágico e outras atrações fantásticas, como o salto dos campeões brasileiros de pára-quedismo. O Grupo da Solidariedade é quem está encarregado de receber as doações de brinquedos na sua sede localizado na Avenida Paranapuan, 1.669 – 3368-2274.
Os cupons para participar dos sorteios das bicicletas já estão sendo distribuídos gratuitamente em diversas lojas, na redação do Ilha Notícias e na sede da Associação Atlética Portuguesa. Os comerciantes que possam doar bicicletas para o sorteio e com isso promover a própria empresa, basta ligar (3393-5063) que a equipe do jornal vai ajudá-lo no transporte até a Portuguesa.
Enfim, está tudo sendo preparado com dedicação para dar às nossas crianças, principalmente aos mais pobres, um Natal inesquecível, como fazemos há quase três décadas. Meus agradecimentos ao Antônio Augusto, presidente da Portuguesa - clube que completa dia 17, 84 anos -, e à Fátima Vasconcelos, do Grupo Solidariedade.
joserichard@uol.com.br

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Beltrame quer instalar mais câmeras na Ilha

Edição 1397-05.12.2008


Solidariede nota 10

Sempre se falou muito na solidariedade do povo brasileiro. Com a catástrofe em Santa Catarina e em algumas cidades do estado do Rio de Janeiro, essa característica ficou bem mais evidente. Rapidamente, entidades e mutirões se mobilizaram para arrecadar alimentos, roupas, água e produtos de higiene pessoal para aqueles que perderam tudo num piscar de olhos. E, em igual ritmo, um batalhão de pessoas, principalmente das camadas mais baixas da sociedade, foi doando o que gente como eles muitas vezes estão necessitando.
O Ilha Notícias conforme já informei nesta coluna, aliou-se ao Grupo da Solidariedade que, como o próprio nome diz, tem uma importante preocupação social em suas ações, para receber doações. E o resultado foi extraordinário: centenas de pessoas trouxeram roupas, sapatos, alimentos não perecíveis e água, lotando a barraca instalada na Estrada do Galeão perto da sede do jornal.Outras manifestações humanitárias surgiram pelo bairro envolvendo líderes, instituições e empresários, numa prova definitiva que o povo insulano está atento e é solidário como a maioria dos brasileiros. Tal foi a mobilização em todo Brasil que a Defesa Civil de Santa Catarina já não tem mais local para estocar roupas e agasalhos e as novas doações estão sendo destinadas para algumas cidades do norte fluminense e Espírito santo que também sofreram com as enchentes.
Desejo agradecer aos moradores da Ilha do Governador que participaram com suas doações e ao Grupo da Solidariedade, comandado por Fátima Vasconcelos, cujas senhoras se mantiveram de plantão durante toda essa semana na barraca de arrecadação, que encerra as atividades nesta sexta, dia 5, com o sentimento do dever cumprido. Sem descansar, elas agora partem para ajudar na Festa de Chegada de Papai Noel que acontecerá no domingo, dia 21, às 15h no estádio da Associação Atlética Portuguesa.
É um orgulho muito grande participar de parcerias com gente séria e que ama o próximo. Muito obrigado a todos vocês.
joserichard@uol.com.br