domingo, 10 de janeiro de 2016

LIGHT FECHA LOJA DE ATENDIMENTO AO PÚBLICO NA ILHA

               É um absurdo que a Light tenha desativado a sua loja que funcionava no Ilha Plaza Shopping. É inacreditável! A empresa que antigamente tinha duas lojas na Ilha, uma no Cacuia, e outra onde hoje funciona o Hortifruti, abandonou a Ilha de vez. Se já não presta um bom serviço no fornecimento de energia elétrica há alguns anos, a medida dá
sinal que as coisas vão piorar para o lado da população da Ilha, também na burocracia da papelada e documentos.
            Sem a loja na Ilha, quem precisar de 2ª via de conta de luz, religação, abertura ou encerramento de contrato, ligação nova, cadastro em débito automático, histórico de consumo, parcelamento de débitos, alteração de dados cadastrais, entre outros serviços, vai ter que se deslocar ao bairro da Penha, no Shopping Leopoldina, localizado na Avenida Bráz de Pina. É um ato intolerável e antipático da Light, sobretudo num momento difícil no qual a população sofre com o desemprego e grandes dificuldades financeiras, e logo após a companhia ter aumentado de modo astronômico as suas tarifas, que quase dobraram de valor.
              A Light explora e tem lucros através da distribuição de energia elétrica, um serviço essencial para a vida de qualquer ser humano. Agora a Light quer também explorar e sacrificar a população da Ilha transferindo sua loja para uma região distante que vai obrigar viagens demoradas, engarrafamentos no trânsito de ruas em obras, perda de tempo e custos que vão pesar mais no bolso da  população.
             A imagem da Light que já era péssima pelas constantes falhas no fornecimento de energia, agora fica muito pior pela medida covarde contra a população que se sente refém e humilhada por essa irresponsabilidade contrária aos interesses da região. 
             Não é justo que isso fique assim!