sexta-feira, 29 de julho de 2016

AS OLIMPÍADAS DO RIO E A EXPECTATIVA DOS MORADORES DA ILHA DO GOVERNADOR


              A Ilha do Governador é de fato a principal porta de entrada das delegações dos 206 países que vão participar a partir do dia 5 das Olimpíadas do Rio de Janeiro. Entretanto o legado para a Ilha, que não vai sediar nenhuma disputa olímpica, é unicamente o novo aeroporto cujas reformas e obras de expansão tornaram as instalações muito melhores e modernas. 
             O trecho do BRT que vai do Fundão até o Galeão, também foi uma obra olímpica mas causou frustração aos moradores da Ilha que esperavam um acesso na Estrada do Galeão. A moderna ponte construída para uso exclusivo dos ônibus do BRT não serve à comunidade insulana e só vai justificar o alto investimento, depois que as autoridades construírem uma estação em frente à Base Aérea do Galeão, onde existe uma área ampla suficiente para a Estação Ilha e os ônibus circulares entre todos os bairros da Ilha que alimentariam o BRT. 
            Agora, momentos antes do início dos Jogos Olímpicos, é obrigação de todos torcer para que tudo dê certo e a cidade realize a melhor olimpíada de todos os tempos. O Brasil precisa. A verdade é que a cidade, no seu conjunto, deu um salto de modernidade e evoluiu consideravelmente no aspecto urbanístico, principalmente no Centro e na Zona Oeste.
            Nossa expectativa positiva é que, passados os jogos, os olhares das autoridades se voltem também para a Ilha que carece, principalmente, de um sistema de mobilidade urbana que não deixe ilhado o morador da Ilha. A população sofre com um sistema de barcas ineficiente e vans que não obedecem as leis do trânsito, não aceitam o Riocard, constrangem idosos e colocam em risco seus passageiros. Enfim, provocam uma zona no trânsito.
               Eu tenho esperanças otimistas.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

A ILHA TEM EXCELENTES LOCAIS PARA CAMINHADAS. MAS CICLISTAS CORREM RISCOS NAS CICLOVIAS


A Orla do Corredor Esportivo com cerca de um quilômetro de 
extensão é um dos locais preferidos para caminhadas

              A Ilha do Governador é um local privilegiado para quem gosta de fazer caminhadas diárias ou dar aquela corridinha para manter o corpo saudável e o peso dentro dos critérios recomendados pelos médicos. Alguns locais apresentam paisagens extraordinárias, principalmente na orla, cujas opções costumam oferecer certa segurança aos praticantes.
              No Corredor Esportivo a pista destinada aos exercícios oferece uma linda paisagem da Serra do Mar, localizada do outro lado da Baía de Guanabara. A calçada da Praia da Bica e a orla, entre a Praia da Bandeira e a Engenhoca são outros dois lugares que tornam os exercícios prazerosos.
              Além da vista bucólica, a maioria desses locais é seguro na parte da manhã, embora à noite não sejam recomendáveis por absoluta falta de iluminação pública.
              Já para os ciclistas que também gostam de exercícios, a ciclovia da Estrada Rio Jequiá, cujo trajeto vai da Vila Olímpica até a entrada da Colônia Z-10, é uma boa e tranquila opção. No Corredor Esportivo a pista divide espaço com a turma das caminhadas sem atritos. Fora desses dois locais o ciclista não deve se arriscar, principalmente em andar pela maioria das faixas pintadas no asfalto das ruas, locais onde precisa de sorte para não ser atropelado. Essas pistas exclusivas para ciclistas são uma piada e realmente colocam em perigo quem se arriscar andar por elas. 
             O Quebra Coco é um caso à parte. As caminhadas matinais de dezenas de moradores são feitas pelo meio da rua e, felizmente, se tornaram uma tradição para dezenas de pessoas que fazem isso há muitos anos. As ruas Galo Branco e Primeiros Sonhos são o trajeto preferido dessas saudáveis caminhadas, que também contam com a frequência de muitos moradores de outros bairros da Ilha, que buscam a tranquilidade do Quebra Coco. 
            É um privilégio morar na Ilha.