sábado, 20 de agosto de 2016

A ILHA EM PRIMEIRO LUGAR NA HORA DO VOTO


O esgoto lançado na Praia de São Bento 
afeta a saúde dos moradores da Ilha

              Com o início, na terça (16) passada, da campanha eleitoral de 2016 que vai eleger no dia 2 de outubro, 50 vereadores e o prefeito da cidade do Rio de Janeiro é importante que os moradores da região criem critérios para escolher candidatos que tenham compromissos com a Ilha. Entendo que o bairrismo é fundamental para melhorar a qualidade de vida na região e deve ser exercido de maneira egoísta. No bom sentido, é claro.
             Os critérios são individuais e, no caso do cargo de vereador, julgo que o fato do candidato morar na Ilha seja condição absolutamente necessária. Outros critérios dependem das ideias, ideologia e a força do candidato. É evidente que o histórico de participação e interesse em assuntos da comunidade são ingredientes cuja análise também deve pesar na escolha.
              Cabe ao vereador levar ao prefeito pleitos e carências regionais de cuja responsabilidade seja do município como limpeza urbana, iluminação pública nas ruas e praças, atendimento médico de emergência e primeiros socorros, roteiro de linhas de ônibus e outras coisas que fazem parte da rotina diária da vida familiar. Propor leis e fiscalizar os atos do prefeito são questões gerais tão importantes como as responsabilidades pontuais da rua que moramos.
             É tão séria essa questão de morar na Ilha para merecer o voto do insulano que imagino ser impossível um vereador de Campo Grande ou Bangu ou de qualquer região da cidade, deixar de dar prioridade para a região onde vive. É cascata. O vereador que se interessar apenas pela sua região nas questões do seu bairro já terá trabalho suficientes para ocupar totalmente o seu tempo.
             Conheço mais de 20 candidatos a vereador insulanos que vão tomar as ruas e o facebook nos próximos dias em busca do seu voto. A quantidade sugere que exista entre eles, aquele que melhor possa representar as suas convicções. É importante pensar e decidir com tranquilidade para votar em alguém sério e capacitado para ser merecedor do seu voto.  Alguém que você possa confiar e, no futuro, orgulhar-se de ter votado.